Politica

Marcelo defende "justiça e efetivo respeito pelos direitos humanos" em Pequim

Em Pequim, Marcelo Rebelo de Sousa defendeu "respeito efetivo pelos direitos humanos" a nível global.

Segundo a agência Lusa, o Presidente da República falou sobre os direitos humanos, perante o seu homológo chinês, Xi Jinping, e o secretário-geral das Nações Unidas, António Gueterres, na sua intervenção na segunda edição do fórum "Faixa e Rota", que decorreu à porta fechada, este sábado.

"O mais importante é combinar a ação multilateral com diálogo político, porque essa é verdadeiramente a única via para garantir um mundo melhor, em que a paz, o desenvolvimento, a justiça e o efetivo respeito pelos direitos humanos prevaleça", referia o discurso escrito do chefe de Estado, citado pela agência Lusa.

Já em declarações aos jornalistas, Marcelo voltou a destacar essa referência no seu discurso.

"Eu terminei a intervenção - como, aliás, o secretário-geral António Guterres, foram duas das intervenções em que me recordo que isso foi citado expressamente - dizendo que o objetivo cimeiro disso é naturalmente efetivar os direitos humanos", afirmou.