Internacional

Uma mulher ferida no abdómen durante disparos junto ao Ministérios dos Transportes

Vivem-se momentos de tensão na Venezuela e já há um ferido na sequência desta tentativa de golpe de Estado liderada por Juan Guaidó.

Esta terça-feira, uma jovem opositora ao governo de Nicolás Maduro, que se encontrava nas ruas a manifestar-se contra o mesmo, foi atingida por uma bala no abdómen, na sequência dos disparos que aconteceram junto ao Ministério dos Transportes. 


Recorde-se que o dia de hoje na Venezuela ficará marcado por vários manifestantes saírem à rua para pedirem e proclamarem por liberdade e democracia., sendo que esta se trata de uma tentativa de golpe de Estado para derrubar o governo de Nicolás Maduro, atualmente a liderar o país. 

Para já, sabe-se que a Comissão Interamericana para os Direitos Humanos se reuniu com urgência com o objetivo de analisar a situação na Venezuela. 

"Perante a presença de coletivos armados nas ruas, a proteção da vida humana torna-se uma prioridade, bem como a liberdade de manifestação", declarou o organismo lembrando, afirmando que condena "todas as formas de violência".