Internacional

Donald Trump já reagiu à crise na Venezuela

“Os Estados Unidos estão com o povo venezuelano e a sua liberdade!”

O Presidente dos Estados Unidos ainda não se tinha pronunciado sobre a crise que se vive neste momento na Venezuela e, num texto escrito no Twitter, como já é habitual, Trump reagiu e disse que está “a acompanhar a situação a Venezuela de muito perto” e que “os EUA apoiam o povo venezuelano e a sua liberdade”.

 


Também o Conselheiro de Segurança de Donald Trump, John Bolt, deu uma conferência de imprensa para falar sobre o assunto, tendo afirmado que os EUA estão do lado de Juan Guaidó, mas querem uma mudança de poder "pacífica".

"Vemos isto como um momento positivo no esforço do povo venezuelano para  reconquistar a sua liberdade", começou por dizer Bolt, aproveitando para referir que, apesar de "muita especulação e dos muitos comentários" que têm sido feitos, o mais importante é que "as pessoas do regime se empenhem para uma transferência pacífica do poder". 

Além disso, disse que "todos concordam que Nicolás Maduro tem de sair".