Sociedade

Comissões no MB Way? Mais de mil clientes já reclamaram

Esta quinta-feira, o BPI foi o primeiro banco a cobrar pelas operações na aplicação MB Way, aumentando as comissões de 16 cêntimos para 1,20 euros. Depois disso, mais de mil pessoas contactaram a Deco para reclamar o fim desta cobrança.

“Já temos mais de 1000 reclamações” disse fonte da associação de defesa dos consumidores Deco, citada pela agência Lusa, no dia em os clientes do BPI começaram a pagar 1,20 pelas transferências no serviço MB Way.

A Deco já havia informado, no final do mês de abril, que estava a preparar uma reclamação, em nome dos clientes, para entregar ao Banco de Portugal. O objetivo é limitar os custos associados a todas as formas de pagamento e transferências” pelos consumidores.

“Cabe ao Banco de Portugal limitar os encargos aplicados às transferências feitas através do MB Way, já que é esta instituição que valida os preçários dos bancos”, defende a associação.

O BPI foi o primeiro banco a cobrar pelas operações no MB Way, tendo aumentado as comissões de 16 cêntimos para 1,20 euros.