Internacional

Mulher encontra filha com mais de 20 mordidas no corpo após dia de creche

Situação já foi denunciada

Facebook
Facebook

Foi através das redes sociais que Alice Bryant denunciou o estado em que a filha de 15 meses, Rosalyyn, estava depois de a ir buscar à creche no estado do Arizona, EUA.

Quando chegou a casa, no momento de trocar a roupa à filha, Alice encontrou as costas da criança cheias de mordidas.

"Não levem os vossos filhos para a creche Creative Beginnings, que faz parte de uma organização internacional e esta em Tucson é credenciada pelo Estado. Eles nem ligaram para me avisar sobre um incidente, não me notificaram por nenhum outro meio, nem me disseram nada quando fui buscá-la. Todas as marcas aconteceram num dia", escreveu a mãe no Facebook, acrescentando ainda que aquele era o quinto dia da criança naquela creche.

Alice fez queixa às autoridades e foi iniciada uma investigação. No entanto, não houve qualquer desenvolvimento sobre o caso até hoje.

“O facto de ninguém na creche me ter avisado quando a fui buscar é uma surpresa", afirmou Alice, em declarações ao canal KOLD News 1, acrescentando ainda que além de muito chateada e triste, só se questionava acerca da forma como a filha teria ficado naquele estado.

A polícia acredita que terá sido uma criança que partilhava o berçário com Rosalyyn a fazer-lhe os ferimentos.

"Talvez os bebés tenham sido deixados sozinhos ou talvez os responsáveis ​​simplesmente tenham ignorado os gritos", concluiu Alice