Sociedade

Homem detido por violência doméstica contra a mulher e o filho com dificuldades de locomoção

Agressor já tinha sido arguido num outro processo-crime por violência doméstica, contra as mesmas vítimas

Um homem, de 62 anos, foi detido na última quinta-feira, em Paredes, por violência doméstica contra a mulher e o filho.

A GNR apurou, durante uma investigação, que o agressor exercia violência psicológica e física sobre a mulher, de 58 anos, e ainda sobre um dos filhos de ambos, um homem, de 39 anos, que era uma “vítima especialmente vulnerável”, já que, devido a uma doença, sofria de grandes dificuldades de locomoção.

Segundo a força de segurança, o agressor já tinha beneficiado de suspensão provisória do processo, em fevereiro, tendo já sido arguido num outro processo-crime por violência doméstica, contra as mesmas vítimas.

O homem foi presente, esta sexta-feira, a primeiro interrogatório judicial, no Tribunal de Instrução Criminal de Marco de Canaveses, tendo ficado sujeito às medidas de coação de proibição de contactar as vítimas por qualquer forma ou meio.