Politica

Marcelo não esquece empresário desaparecido em Moçambique desde 2016

O Presidente da República emitiu ontem uma nota sobre o empresário português – Américo Sebastião – desaparecido em Moçambique desde 2016, a dar conta das diligências presidenciais sobre este caso.

Marcelo Rebelo de Sousa explicou, por exemplo, que “entrou (...) em contacto com a procuradora-geral da República, que lhe confirmou a oferta de cooperação feita à sua congénere moçambicana”.

O chefe de Estado revelou ainda que a esposa do empresário português, Salomé Sebastião,  foi recebida no dia 30 de abril, a seu pedido, pela assessora diplomática do Presidente, Ana Martinho. A assessora recordou as “várias e constantes diligências do Estado português, através do Presidente, do primeiro-ministro, do ministro dos Negócios estrangeiros, da diplomacia portuguesa, junto das autoridades moçambicanas”.

Marcelo garantiu estar solidário com a família e empenhado, tal como as autoridades portuguesas, no esclarecimento do caso. Américo Sebastião desapareceu em julho 2016, na província moçambicana de Sofala, e a família diz ter sido vítima de rapto.