Sociedade

Filho e mãe detidos por violência doméstica e posse ilegal de armas

Homem, de 25 anos, agredia físicamente e ameaçava de morte a companheira, de 32 anos

Um homem, de 25 anos, e a mãe, de 41 anos, foram detidos na última terça-feira por violência doméstica e posse ilegal de armas, no concelho de Vila Nova de Gaia.

“Durante a investigação de um processo de violência doméstica, apurou-se que o agressor exercia violência psicológica e física sobre a vítima, sua companheira de 32 anos, bem como ameaças de morte com arma de fogo”, refere um comunicado da GNR.

De acordo com a nota da força de segurança, foram realizadas quatro buscas domiciliárias, em residências referenciadas como sendo do suspeito. Nessas mesmas residências foram apreendidas duas armas de fogo e 11 munições de calibre 9 mm. Para além do suspeito de violência doméstica, ainda foi detida a sua mãe, de 41 anos, por estar na posse ilegal de uma arma de fogo.

O agressor tem antecedentes criminais pelos crimes de furto.

Esta terça-feira, depois de presente ao Tribunal de Instrução Criminal do Porto, o suspeito ficou sujeito à medida de coação de apresentações bissemanais no posto policial da sua área de residência, enquanto a mãe ficou sujeita à medida de coação de termo de identidade e residência.