Internacional

Jimmy Reis arrisca pena de morte

O piloto que alega ser português, capturado na última terça-feira, pode vir a ser julgado na Líbia. 

É esta a conclusão comunicada pelo Comité dos Negócios Estrangeiros da Câmara dos Representantes do país, pertencente ao grupo que se opõe ao governo de Fayez al-Sarraj.

De acordo com o comité, Jimmy Reis será “julgado de acordo com o Código Penal relativo a crimes cometidos em território líbio”, ou seja, o piloto pode ser condenado à pena de morte.

Recorde-se que a Força Aérea Portuguesa esclareceu que Portugal não tem meios nem militares na Operação Sophia. Por outro lado, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, explicou que não está confirmado que o homem que pilotava o avião abatido na Líbia seja de nacionalidade portuguesa.

A Operação Sophia, cujo objetivo é desmantelar o modelo de negócio dos passadores e dos traficantes de seres humanos no sul do Mediterrâneo central bem como salvar migrantes, está em processo desde junho de 2015.