Internacional

Homem de borla no KFC durante um ano por fingir ser inspetor da cadeia alimentar

Suspeito era temido pelos funcionários da empresa

Um estudante foi detido em Durban, na África do Sul, por burlar, durante cerca de um ano, a cadeia alimentar KFC.

De acordo com o Daily Mail, o suspeito fingia ser um inspetor da empresa para poder comer sem pagar.

Segundo o mesmo jornal, o homem chegava aos restaurantes num carro de luxo e vestido com um fato. Posteriormente, mostrava uma identificação falsificada da empresa e começava a inspecionar as cozinhas.

“Quando ele chegava, nos tentávamos dar o nosso melhor para não irritar o homem que vinha da sede. Ele era tão convincente, porque tinha uma postura confiante e até colegas de outros KFC o conheciam", afirmou um funcionário da empresa.

Um ano depois, e numa altura em que era respeitado pelos funcionários, o suspeito foi detido.