Sociedade

Santana Lopes "está bem-disposto mas com dores"

Líder do Aliança pode receber alta esta quinta-feira

O antigo primeiro-ministro Pedro Santana Lopes será submetido, esta quinta-feira, a novos exames médicos para reavaliação da sua situação clínica.

Fonte do Gabinete de Comunicação do Centro Hospitalar da Universidade de Coimbra (CHUC) adiantou que o líder do partido Aliança "passou bem a noite" na unidade de cuidados cirúrgicos intermédios.

"Pedro Santana Lopes está bem-disposto, mas com dores", afirmou, salientando que, após os exames, será reavaliado e poderá ter alta ainda esta quinta-feira.

Recorde-se que o líder do Aliança, que ia a conduzir o carro, e o cabeça-de-lista às europeias, Paulo Sande, sofreram na quarta-feira um acidente de viação na A1 quando seguiam de Coimbra para Cascais, "em ações de campanha".

Paulo Sande também foi avaliado no hospital, logo após o acidente a meio da tarde, mas recebeu alta na mesma noite.

O cabeça-de-lista atribui o acidente à fadiga, segundo as suas declarações de ontem. "De repente, foi como se o tempo se tivesse suspendido e o carro saiu da estrada", contou. "Aparentemente demos uma ou duas cambalhotas", acrescentou, referindo que os 'airbags' "não dispararam".

Recorde-se que Santana Lopes foi transportado de helicóptero para o CHUC, depois de ter sido desencarcerado do carro pelos bombeiros.

O helitransporte do líder do Aliança, aliás, provocou uma onda de críticas que tinha como alvo o INEM. Havia centenas de comentários apenas duas horas após um comunicado daquele instituto, publicado no Facebook.