Sociedade

Berardo estará a pensar avançar com processo de violação do direito à imagem

 Em causa está a transmissão da comissão na televisão do Parlamento.

Joe Berardo estará a ponderar avançar com um processo de violação do direito à imagem contra os deputados que estiveram presentes na comissão parlamentar de inquérito à Caixa Geral de Depósitos.

Segundo fontes próximas de Berardo, citadas pela RTP, em causa está a transmissão da comissão na televisão do Parlamento.

Antes do início da audição, Berardo tinha pedido para não ser filmado. Apesar de não ter estado presente qualquer órgão de comunicação, a comissão foi transmitida pela televisão do Parlamento. Na altura, a defesa do empresário disse que a transmissão era “totalmente ilícita”.