Vida

William fala sobre dor que sentiu após a morte da mãe

Princesa Diana morreu em 1997. William tinha 15 anos

AFP
DR

O príncipe William falou recentemente sobre a morte da mãe, a princesa Diana, e admitiu que sentiu uma dor como nenhuma outra na altura.

Durante o documentário da BBC sobre saúde mental, William recordou o acidente de carro que, em 1997, matou Diana. Alertou ainda todos os britânicos para a necessidade de falar abertamente sobre os problemas de saúde mental.

"Penso que quando ficas de luto numa idade muito jovem - a qualquer altura, mas particularmente numa idade jovem - sentes dor como nenhuma outra dor, e sabes que na tua vida vai ser muito difícil encontrar alguma coisa que seja pior do que isso", disse William, relembrado que na altura tinha apenas 15 anos.

No documentário, intitulado por “Royal Team Talk", William frisou ainda que “não somos robôs” e admitiu que os britânicos têm muita dificuldade em falar sobre os seus sentimentos.

"Somos um pouco envergonhados às vezes", disse, defendendo ainda que é preciso "relaxar um pouco".

Além do príncipe William, participam ainda no documentário algumas estrelas do futebol como Peter Crouch, Danny Rose ou Thierry Henry.

Tanto William como Harry têm participado nos últimos anos em causas relacionadas com a saúde mental.