Internacional

Homem burla namorada de 83 anos com mensagens bíblicas

O insólito ocorreu em Buckinghamshire, perto de Oxford, em Inglaterra.

Oxford Crown Court
Oxford Crown Court

Uma professora britânica reformada, profundamente religiosa, acreditou que mensagens escritas pelo namorado de 28 anos nos espelhos da sua casa eram enviadas por Deus. Em causa estavam pedidos para a realização de alterações ao testamento de Ann Moore-Martin, de 83 anos.

“Tudo o que lhe deres, ele devolverá” ou “As tuas intenções são sagradas, a tua missão ainda não está completa, cuida e termina a tarefa que te foi dada pelo Senhor” são algumas das mensagens escritas por Benjamin Field na casa da idosa,  que este seduziu através de cartas e poemas românticos, de acordo com o Daily Mirror.

O administrador de uma paróquia anglicana que, no tribunal de Oxford, admitiu estar num relacionamento fraudulento com Moore-Martin, também implorou que a namorada lhe desse 27.000 libras (cerca de 30 mil euros) para suportar os custos de uma máquina de diálise para o irmão Tom, de 24 anos.

De acordo com o mesmo tribunal, a mulher que nunca teve filhos nem casou, mudou o testamento para deixar a sua casa, em Buckingamshire, ao namorado mas mudou de ideias antes de morrer em maio de 2017. O motivo? Acreditava que Field a tinha envenenado.

Segundo o procurador Oliver Saxby, a idosa “começou a sentir-se mal e a preocupar-se com o estado de saúde aquando da receção das mensagens bíblicas”. Em tribunal, foi divulgado que Field mantinha um diário acerca do quotidiano com a Ann Moore-Martin e uma passagem continha a indicação de que “viveria como um viúvo” quando ela morresse.

Field foi apresentado à namorada por um professor universitário, Peter Farquhar, de 69 anos, e é acusado de o ter matado com a ajuda de um amigo, falsificando a morte com a justificação de que o docente faleceu “enquanto fazia sexo” ou que se “engasgou com a prótese dentária”, conforme se pode ler no The Sun.

O jovem está acusado de quatro crimes de fraude e dois de furto. O julgamento terá início na próxima quarta-feira.