Desporto

"Diferença de rendimento do Benfica levanta suspeitas", diz Francisco J. Marques

Diretor de comunicação do FC Porto fala ainda de uma proximidade entre o Benfica e o Sporting

DR  

Francisco J. Marques fez um paralelismo entre a época deste ano do Benfica e a época 2015/16, temporada em que o clube da Luz também se sagrou campeão.

"Este ano encontrámos exatamente o mesmo tipo de caminhada que em 2015/16. Na altura, numa disputa entre Benfica e Sporting, quem fez de Bruno Lage foi Rui Vitória, conseguindo também uma série de vitórias na parte final do campeonato, e mais tarde vieram a conhecer-se revelações sobre esse percurso que levantam muitas dúvidas”, começou por dizer o diretor decomunicação do FC Porto, em declarações ao Porto Canal.

“O Cássio diz que lhe ofereceram 60 mil euros para perder, há jogadores do Marítimo que disseram que foram aliciados para perder, o Lionn disse que ele, o Cássio e o Marcelo foram aliciados para perder... Será que estamos na presença de uma coisa idêntica ou não? Não sabemos, se calhar só se vai saber daqui a dois ou três anos, mas que levanta suspeitas esta diferença de rendimento, levanta. Não é normal ter uma diferença de rendimento tão grande entre o campeonato e as outras provas", acrescentou.

Francisco J. Marques criticou ainda a decisão do Conselho de Disciplina (CD) da FPF de instaurar um processo disciplinar a Sérgio Conceição pela alegada agressão a Renan, durante o encontro entre os ‘dragões’ e o Sporting.

"O Conselho de Disciplina (CD) decidiu abrir um processo disciplinar ao Sérgio Conceição, mas naquele ‘sururu’ que se gerou nos momentos finais do jogo as imagens mostram um suposto pontapé do Renan ao treinador do FC Porto e sobre isso não houve nenhum procedimento disciplinar por parte do CD. É estranho, só viram uma parte das imagens ou só ligaram à queixa do Sporting, não sei muito bem o que aconteceu”, disse, defendendo depois que “há um reatar de proximidade” entre o Benfica e o clube Alvalade.

"Parece que há um reatar de proximidade entre Benfica e Sporting como se viu ontem na receção na Câmara de Lisboa e que Luís Filipe Vieira fez questão de mostrar que está a torcer pelo Sporting. Ainda bem, porque não gostaríamos nada que torcesse por nós, não deixa de ser sintomático, não deixa de ter significado o facto de Luís Filipe Vieira querer que o país saiba que ele queria que o Sporting ganhasse. Não deixa de ser curioso. Tudo e o que é verdade é que o treinador do FC Porto teve um processo disciplinar e o guarda-redes do Sporting não teve. Perdemos o Corona para a final e ao Petrovic não aconteceu nada. Há sempre decisões normalmente mais rigorosas em relação ao nosso clube do que aos outros que defrontam o FC Porto. Deve ser coincidência, de certeza", rematou.