Sociedade

Médica do Hospital do Santo Espírito condenada por negligência num parto

Os factos remontam a 2010. Bebé acabou por morrer.

DR  

Uma médica obstetra do Hospital do Santo Espírito da Ilha Terceira foi condenada na última semana pelo Tribunal de Angra do Heroísmo pela prática de um crime  de ofensa à integridade física por negligência.

Segundo comunicado da Procuradoria Geral Distrital de Lisboa (PGDL) “os factos prendem-se com o parto de um bebé nascido em 2010 e que veio a falecer no dia de Natal desse ano, na sequência de falta de vigilância médica, durante 35 minutos, aquando do trabalho de parto”.

A médica foi condenada ao pagamento de uma multa de 20 mil euros e ainda em conjunto com o Hospital do Santo Espírito da ilha Terceira  ao pagamento de uma indemnização no valor de 155 mil euros.