Sociedade

INEM foi chamado duas vezes por engano devido a obra de arte em Lisboa

Quem passava via uma pessoa caída no chão

Uma instalação artística na Galeria Porta 24, em Lisboa, foi motivo para que as autoridades fossem chamadas por duas vezes ao local.

Tratava-se de uma obra de arte, mas para quem passava, aquele boneco deitado no chão rodeado de sacos parecia uma pessoa caída.

Na segunda-feira, o INEM, os bombeiros e a PSP foram alertados duas vezes devido à mesma peça, segundo o Correio da Manhã.

Na sequência dos alertas, a galeria de arte tapou, na terça-feira, a obra Alvará/Permit’, de Noé Sendas, com esferovite e colocou um papel com o aviso: "isto é arte".