Internacional

Pelo menos 23 mortos durante motim em prisão na Venezuela

Jornais venezuelanos falam em 14 polícias feridos

Pelo menos 23 mortos durante motim em prisão na Venezuela

Um motim num centro de detenção venezuelano em Acarigua fez, esta sexta-feira de manhã, pelo menos 23 mortos e 14 feridos, segundo o jornal El Universal.

Os feridos serão elementos das forças de segurança, enquanto os mortos seriam prisioneiros daquele estabelecimento prisional no Estado da Portuguesa.

Há alguns órgãos de comunicação locais a avançar com um número maior de vítimas mortais.

O Observatório Venezuelano de Prisões, uma organização não governamental que defende os detidos venezuelanos, questiona a violência da polícia. "Mais uma vez um massacre numa prisão", disse um dos membros deste grupo num vídeo publicado nas redes sociais.

Recorde-se que a 29 de março de 2018 ocorreu um dos motins mais graves daquele país, onde 68 pessoas morreram no centro de detenção da Polícia Estadual de Carabobo.

Os comentários estão desactivados.