Desporto

A Taça da consolação

Sporting e FC Porto jogam hoje a final da Taça de Portugal. Os leões querem limpar as lágrimas do último ano; os dragões lutam por fechar a época com um título.

Chega hoje ao fim a época 2018/19, com o último jogo a acontecer, como é habitual, no Jamor, que recebe durante a tarde a final da prova rainha do futebol português. Os protagonistas FC Porto e Sporting voltam a cruzar caminho uma semana depois do clássico a contar para a última jornada da Liga portuguesa. Mais: Será também uma reedição da final da Taça da Liga, conquistada, recorde-se, pelos leões de Marcel Keizer na lotaria das grandes penalidades.

Há, de resto, outros fatores em jogo para os dois emblemas: o Sporting não jogará apenas para o segundo troféu (e taça) da presente época, mas entrará também em campo com a missão de limpar as lágrimas derramadas há um ano precisamente no mesmo palco. Os leões voltam a atingir a decisão da prova depois de terem perdido para o Desp. Aves em 2017/18, num encontro marcado pelas mazelas deixadas pelo então recente ataque à Academia de Alcochete. 

Refira-se ainda que este jogo ficará marcado pela despedida de Bruno Fernandes do conjunto leonino. O médio, que chegou a Alvalade no verão de 2017, é o melhor marcador desta competição (com 6 golos) e irá lutar pelo seu terceiro título de leão ao peito (depois de duas Taças da Liga). 

De resto, o Sporting tentará conquistar um troféu que não vence desde 2014/15, época em que alcançou a 16.ª Taça de Portugal da sua história.

Por sua vez, o FC Porto tem o objetivo de igualar o conjunto verde-e-branco em número de títulos. Atualmente com 15 troféus no currículo, o dragão venceu pela última vez a prova rainha do futebol português em 2010/11. 

Além disso, e depois de uma época em que esteve na linha da frente de (quase) todas as competições, o FC Porto chega ao jogo que encerra a temporada à procura de mais um título (depois de ter ganho a supertaça no início da época).

Este ano, o FC Porto perdeu a final da Taça da Liga, perdeu o campeonato para o Benfica, numa prova disputada até à última jornada, e despediu-se da Liga dos Campeões nos quartos-de-final.

Por estas razões, o FC Porto chegará ao Jamor com a angústia de quem tem consciência de que este será sempre um prémio de consolação após uma época que faltou sempre um bocadinho nos últimos sprints.

Seja como for, fica a faltar saber se Sérgio Conceição continuará no emblema azul-e-branco. O treinador já fez questão de afastar os rumores que o colocam na porta de saída, garantindo que nem um desaire no encontro de hoje o fará mudar de ideias. Veremos. 

Referência ainda para Maxi Pereira, que deverá cumprir  o seu último jogo com a camisola azul-e-branca. Aos 34 anos, o lateral está no final do contrato com os dragões, com quem procura conquistar a sua primeira Taça de Portugal - troféu que já tem no currículo, mss ao serviço do Benfica (2014). É o adeus do uruguaio  depois de 12 anos no campeonato português.