Internacional

Panda mais raro do mundo foi fotografado pela primeira vez

O panda albino nunca tinha sido avistado antes. 

Um panda gigante, totalmente albino, foi fotografado pela primeira vez, em abril deste ano. A agência local chinesa, Xinhuanet noticiou o acontecimento no sábado passado e segundo um investigador Li Sheng, da Universidade de Pequim é possível que este animal seja o único membro vivo da sua espécie, visto ser o único alguma vez avistado.

O animal estava a explorar uma floresta na Reserva Natural Nacional de Wolong, na província de Sichuan, na China quando foi surpreendido pelo investigador. “O panda parecia forte e os seus passos eram estáveis”, disse o investigador que acredita que o animal deve ter cerca de um ou dois anos de idade.

Os animais com albinismo – doença que resulta da falta de melanina, ou pigmento da pele – correm um maior risco de serem caçados por predadores na natureza, já que podem ser mais facilmente identificados, de acordo com a National Geographic.

O panda gigante é classificado como vulnerável pela União Internacional para a Conservação da Natureza. De acordo com o World Wild Life Fund for Nature, existem apenas 1.864 ursos no mundo.