Internacional

Procuradoria Especial de Paris confirma três. detenções no caso do ataque de Lyon

Ministro do Interior já tinha avançado esta manhã com a informação de que as autoridades tinham detido um suspeito. 

A Procuradoria Especial de Paris confirmou esta segunda-feira que foram detidos três suspeitos do ataque de Lyon. Anteriormente o ministro do Interior francês já tinha revelado no seu Twitter que as autoridades tinham detido um suspeito.

O presidente da Câmara de Lyon, Gerard Collomb, em declarações à BFM, disse que estas detenções são um “alívio para todos os habitantes de Lyon”. “Acredito que o caso está a resolver-se”, acrescentou.

O ataque ocorreu na passada sexta-feira. Por volta das 17h30 locais (16h30 em Lisboa), numa das ruas mais movimentadas de Lyon, ocorreu uma explosão que provocou 13 feridos. Não houve registo de vítimas mortais.

Segundo o jornal francês Le Figaro, as câmaras de vigilância permitiram às autoridades identificar o suspeito.