Cultura

Artistas portugueses doam obras para ajudar estudantes sírios

Leilão de 40 obras de artistas portugueses para ajudar estudantes sírios realiza-se esta quinta-feira.

Um conjunto de artistas portugueses vai leiloar 40 das suas obras de forma a apoiar os estudantes sírios. O leilão será realizado esta quinta-feira no Centro de Exposições da Fundação Champalimaud, em Lisboa, pelas 19h30.

A exposição pública das obras realiza-se esta terça-feira, entre as 14h e as 20h, e quinta-feira, entre as 11h e as 20h.

A iniciativa parte da Plataforma Global para os Estudantes Sírios (APGES), dirigida pelo ex-Presidente da República Jorge Sampaio.

“Com uma guerra que dura há mais de oito anos, a falta de apoio à formação dos jovens sírios está a contribuir para a criação de várias gerações perdidas de diplomados, arruinando o seu futuro e do país”, informa a organização, citada pelo jornal Público. O objetivo da organização passa então por tentar proporcionar aos estudantes sírios uma alternativa para o futuro melhor, fugindo do “círculo vicioso da violência, do conflito e da pobreza”, refere a mesma.

Albuquerque Mendes, Ana Pérez-Quiroga, Bárbara Assis Pacheco, Carmo Pólvora, Fernanda Fragateiro, Graça Morais, Gracinda Candeias, Gil Heitor Cortesão, Irene Buarque, Joana Vasconcelos, João Cutileiro, Jorge Martins, Jorge Pinheiro, José Guimarães, José Loureiro, José Teófilo Duarte, Julião Sarmento, Manuel Cargaleiro, Manuel da Costa Cabral, Manuel João Vieira, Margarida Areias, Marta Wengorovius, Nikias Skapinakis, Nuno Cera, Paula Rego, Paulo Catrica e Pedro Barateiro, são alguns dos artistas que participaram na iniciativa.