Sociedade

Homem acusado de matar ex-namorada com golpes na cabeça

Murros, pontapés nas pernas, tronco e face e pancadas na cabeça - foi desta forma que um homem de Almada matou a ex-namorada.

 

Um homem de Almada está indiciado pela prática dos crimes de violência doméstica e de homicídio qualificado. De acordo com o site oficial da Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL), o suspeito foi apresentado ao Júri de Instrução Criminal, para primeiro interrogatório, na passada sexta-feira.

O indivíduo que, alegadamente, viveu com a vítima, agrediu-a física e psicologicamente durante e após o namoro – mesmo em frente aos filhos desta. Em janeiro deste ano, quando teve conhecimento de que a ex-companheira estava num novo relacionamento, dirigiu-se à residência da mulher e forçou a entrada.

“Desferiu-lhe murros e pontapés nas pernas, tronco e face, atirou-a contra as paredes, móveis e eletrodomésticos e desferiu-lhe pancadas na cabeça com um objeto não concretamente apurado” avançou a PGDL no mesmo comunicado, esclarecendo ainda que o arguido abandonou a vítima mortal quando esta ainda se encontrava inanimada.

Segundo a PGDL, a mulher morreu devido a "golpes" que o alegado homicida lhe provocou no crânio.

O agressor encontra-se em prisão preventiva.