Sociedade

Estado de alerta devido a calor extremo poderá ser prolongado, admite governo

Quinta-feira será revelado até quando se manterá o estado de alerta

O governo está a ponderar prolongar o estado de alerta devido ao calor extremo que se avizinha já nos próximos dias.

“Amanhã daremos nota durante quanto tempo mais e relativamente a que distritos do país é que o estado de alerta será prolongado, mas essa certeza, face às indicações meteorológicas hoje disponíveis, pode já ser dada”, revelou esta quarta-feira Eduardo Cabrita, ministro da Administração Interna.

A semana passada o gabinete de Cabrita e o ministério da Agricultura declaram estado de alerta até esta quinta-feira, no entanto, está a ser ponderada a hipótese de se alargar esse estado, o “que certamente irá acontecer”, estimou o ministro.

Nos próximos dias os termómetros vão chegar aos 35ºC, mas Eduardo Cabrita assegurou que o país está preparado: “Estamos preparados fundamentalmente pelo muito que foi feito na prevenção, a limpeza da floresta é essencial e apelo a todos que concluam esses trabalhos nos próximos dias”.