Internacional

Sem-abrigo recebe 20 mil euros de youtuber

O youtuber ReSet foi obrigado a apagar a sua conta de youtube e proibido de lançar vídeos durante cinco anos depois de ofender e humilhar um sem-abrigo. 

O youtuber ReSet foi proibido de utilizar a rede social durante os próximos cinco anos, devido a ter cometido um crime contra a integridade moral. O jovem Kanghua R foi condenada por um juiz em Barcelona depois de ter realizado um vídeo onde oferecia biscoitos a um sem-abrigo, cobertos de pasta dos dentes em 2017.

No vídeo, que já foi apagado da rede, Kanghua admite poder ter passados dos limites mas diz que “pelo lado positivo, isto vai ajudá-lo a limpar os dentes. Acho que ele não os limpa desde que é pobre”, citando o El País. 

O jovem de 21 anos foi condenado a 15 meses de prisão, no entanto, não será obrigado a cumprir a pena, por não ter antecedentes criminais. Em tribunal defendeu-se afirmando que tinha tudo sido “uma brincadeira” e que o vídeo fazia parte dos “desafios “ que cumpria no seu canal. O objectivo do jovem era aumentar o número de seguidores e na altura considerou que ao alimentar um sem-abrigo com bolachas cobertas de pasta dos dentes iria conseguir capturar “a atenção mórbida dos seus seguidores”.

Além de não poder contribuir com vídeos para o youtube, o tribunal decidiu que Kanghua terá que apagar a sua conta que conta com mais de 1 milhão de seguidores e não tem permissão para criar nenhuma nova. Segundo as autoridades catalãs, quando o caso aconteceu ReSet estava “entre os 200 youtubers mais importantes de Espanha e América Latina",

O juiz considerou o vídeo "um ato claro e inequívoco de um conteúdo embaraçoso" e condenou a utilização da pasta de dentes, o que afectou o homem fisicamente – vomitou e sofreu de dores digestivas – e moralmente.  

O vídeo condenado em tribunal gerou cerca de 2.000 euros ao jovem, logo, o juiz decidiu que o youtuber vai ter que pagar 20 mil euros à vítima, um sem-abrigo que dorme nas ruas da cidade de Barcelona.