Internacional

Mulher que acusa Neymar de violação entrega novas fotografias à polícia

De acordo com a mulher não identificada, o jogador convidou-a para passarem a noite de 15 de maio, juntos, num hotel parisiense onde a obrigou a praticar relações sexuais de “forma violenta sem o seu consentimento”.


A mulher brasileira que acusa Neymar de violação entregou esta segunda-feira um dossier à policia com novas imagens e documentos que alegadamente comprovam a culpa do jogador de futebol, segundo a UOL Esporte. Quatro fontes diferentes que tiveram acesso às imagens mostram o o jogador a agir de forma "agressiva" ou "alterada" antes do momento do suposto crime. 

Neymar Jr., de 27 anos, é acusado de violação por uma mulher não identificada. De acordo com a mesma, citada por varios órgãos de comunicação como O Globo ou o Gazeta Desportiva, o jogador convidou-a para passarem a noite de 15 de maio, juntos, num hotel parisiense onde a obrigou a praticar relações sexuais de “forma violenta sem o seu consentimento”.

O jogador utilizou a sua conta de Instagram para se defender das acusações e afirmar que está a ser alvo de uma tentativa de extorsão. "Foi muito ruim e muito triste escutar isso, porque quem me conhece sabe do meu caráter e da minha índole, sabe que eu jamais faria uma coisa desse tipo", confessou o camisola 10 da seleção brasileira em resposta à acusação. "O que aconteceu num dia foi uma relação entre homem e mulher, dentro de quatro paredes, algo que acontece com todo o casal. No dia seguinte não aconteceu nada demais, a gente continuou trocando mensagens", disse ainda.