Internacional

17 portugueses detidos em Madrid por tráfico de falsa cocaína

Os homens "entregaram-se" às autoridades.

17 cidadãos portugueses, todos da mesma família, foram detidos em Madrid durante este fim-de-semana. Os homens, com idades compreendidas entre os 21 e os 39 anos, foram acusados de vender drogas falsas a turistas ingleses no centro da capital espanhola, segundo o El Mundo. 

Os homens “entregaram-se” às autoridades. Enquanto dois agentes à paisana circulavam no centro da cidade, na Plaza Mayor, dois dos traficantes aproximaram-se, mostraram um saco de pó branco e perguntaram-lhes se estes estavam interessados em “boa cocaína”, o que fez as autoridades proceder à detenção.

Nos dias seguintes, 16 pessoas foram detidas pela mesma situação. O grupo admitiu ter viajado desde Lisboa até Madrid para passar o fim de semana.

Os portugueses foram acusados de cometer um crime contra a saúde pública, pois apesar de não traficarem droga, os sujeitos vendiam uma substância que compravam na farmácia que pode ter consequências negativas para a saúde dos consumidores, e de fraude, por enganarem as pessoas. Os suspeitos foram libertados no domingo depois de deporem em tribunal.