Sociedade

Coimbra. Dois militares atingidos em operação de fiscalização

Os dois agentes sofreram disparos de armas de fogo. Os suspeitos estão em fuga

Uma operação de fiscalização rodoviária na zona de Cernache, distrito de Coimbra, na madrugada deste sábado terminou com dois militares da GNR a sofrer "disparos de armas de fogo", segundo revelou aquela entidade e também o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Coimbra.

O alerta foi dado pela 1h10 para uma ocorrência no Itinerário Complementar 2 (IC2), junto ao posto de combustível da Repsol, na freguesia de Cernache. Os dois militares são considerados “feridos leves”, sendo que apenas um foi transportado para o hospital, “aparentemente ferido com os estilhaços do vidro” da janela da viatura da GNR atingida pelo disparo do automóvel, segundo explicou o comando da GNR à Agência Lusa.

A viatura, com "dois a três indivíduos", desrespeitou a ordem para parar, inverteu a marcha no IC2 e disparou contra a patrulha, colocando-se depois em fuga. O militar ferido está ainda em observação e a realizar exames no hospital, com a investigação a passar para a Polícia Judiciária, devido ao facto de envolver o uso de arma de fogo.