Internacional

O homicídio macabro que está a chocar o Brasil

Um caso particularmente perturbador que teve lugar no Brasil deixou o país em choque.

A notícia foi avançada peça Folha de São Paulo e dá conta de um assassínio do mais cruel que pode existir. Segundo a mesma publicação, mãe e companheira esfaquearam o filho com um golpe no peito e mais 11 facadas nas costas.

Os contornos ainda ficam mais macabros depois de as duas mulheres desmembrarem o corpo da criança de nove anos após o esfaqueamento. O caso macabro não terminou aqui uma vez que após desmembrarem o corpo as duas mulheres tentaram queimar o que restava da criança, mas como não conseguiram concluir o processo colocaram o corpo numa mala e atiraram para um esgoto de um bairro em Samambaia.

O crime foi cometido no passado dia 31 de maio por Rosana Auri da Silva Cândido, de 27 anos, e a sua companheira Kacyla Pryscila Santiago Damasceno Pessoa, de 28 e agora estão acusadas de homicídio qualificado, tortura, ocultação de cadáver, fraude processual e lesão corporal gravíssima.

As mulheres estão presas desde o dia 1 de junho e assumiram a autoria do crime, revelando que Rhuan era um entrave na relação entre ambas. Arriscam uma pena de prisão que pode ir até 57 anos.