Sociedade

Greves da Soflusa canceladas

As greves parciais tinham início marcado para terça-feira, onde todos os trabalhadores iriam parar durante duas horas do seu turno, prejudicando assim as ligações fluviais. 

A presidente da Soflusa, Margarida Perdigão declarou esta segunda-feira que as greves da empresa foram desconvocadas, citando o Observador. As greves parciais tinham início marcado para terça-feira, onde todos os trabalhadores iriam parar durante duas horas do seu turno, prejudicando assim as ligações fluviais. 

As greves foram suspensas na sequência da subscrição de um protocolo negocial entre a administração da empresa e os sindicatos. A próxima reunião entre a administração da empresa e os sindicatos de trabalhadores da Transtejo/Soflusa, onde se pretende chegar a uma conclusão sobre a revisão salarial, vai realizar-se no dia 28 de junho, indicou Alexandre Delgado do Sindicato da Mestrança e Marinhagem da Marinha Mercante, Energia e Fogueiros de Terra (SITEMAQ) à agência Lusa.