Internacional

Nicolas Sarkozy vai ser julgado por corrupção

Também vão a julgamento o advogado do ex-Presidente francês, Thierry herzon, e o antigo magistrado Gilbert Azibert

Nicolas Sarkozy vai ser julgado por corrupção, tornando-se assim o primeiro ex-Presidente francês a ser julgado por este crime, avança esta quarta-feira a AFP.

O Tribunal de Recurso de Paris rejeitou os últimos recursos de Sarkozy, do seu advogado, Thierry Herzon, e do antigo magistrado Gilbert Azibert, para evitar o julgamento por “corrupção e tráfico de influências”, escreve a agência noticiosa, que cita fontes ligadas ap processo.

Em causa está um processo que teve origem em escutas telefónicas ao antigo Presidente francês para esclarecer suspeitas de que este teria recebido dinheiro do antigo líder líbio Muammar Kadhafi, que morreu em 2011, para financiar a campanha eleitoral de 2007.

As escutas revelaram ainda que Sarkozy conversou com o seu advogado para obter informação sobre um processo sumário através do juiz Gilbert Azibert. O processo em questão, em que Sarkozy acabou por ser ilibado, investigava o alegado financiamento ilegal da campanha de 2012 pela herdeira do império L'Óréal, Liliane Bettencourt.

Sarkozy prometeu, em troca das informações, interceder para que o antigo juiz viesse a ocupar um importante cargo judicial no Mónaco.