Internacional

Acordo nuclear. Irão não cede

Declarações do porta-voz da Agência de Energia Atómica do Irão

O porta-voz da Agência de Energia Atómica do Irão (AEAI), Behruz Kamalvandi, afirmou esta quarta-feira que o Irão só cumprirá os compromissos estabelecidos no acordo nuclear de 2015 se os restantes membros o fizerem.

O acordo foi assinado pelo Irão e pelos 5+1 (os cinco membros permanentes do Conselho de Segurança -- Estados Unidos, Reino Unido, França, Rússia e China -- mais a Alemanha). Em maio do ano passado, os EUA saíram do acordo, voltando a impor sanções ao Irão.

Um ano depois de Trump ter saído do acordo, o presidente Hassan Rohani deu 60 dias aos Estados que ainda integram o acordo para que os ajudassem a contornar as sanções impostas pelos EUA, que têm um impacto significativo na economia iraniana.

"Se eles reconhecerem os nossos direitos, que é a eliminação das sanções, também cumpriremos as nossas obrigações", sublinhou hoje Behruz Kamalvandi, que sublinho que o prazo de 60 dias “não é extensível”, prolongando-se apenas até 8 de julho. Depois disso, os passos programados "serão seguidos de modo preciso", garantiu o porta-voz da AEAI.