Internacional

Jovens irlandeses tornam-se os menores mais novos de sempre condenados por homicídio

Os jovens assassinaram uma rapariga numa casa abandonada em Dublin, depois de a terem violado, em maio do ano passado.

Dois rapazes de 14 anos tornaram-se os menores mais jovens a serem condenados por homicídio na Irlanda, esta terça-feira. Os jovens assassinaram uma rapariga numa casa abandonada em Dublin, depois de a terem violado, em maio do ano passado

Os rapazes tinham 13 anos na altura em que cometeram o crime que levou à morte de Anna Kriegel. Um dos criminosos atraiu a rapariga até à casa, convencendo-a de que o outro jovem se queria encontrar com ela no parque. De acordo com as investigações forenses, Anna estaria morta 45 minutos depois de ter abandonado a sua casa para se encontrar com o rapaz.

A  menor de 14 anos foi encontrada numa quinta abandonada, nua com ferimentos graves na cabeça e no corpo, de acordo com a televisão local. Um traumatismo na cabeça e no pescoço foram os motivos que levaram à sua morte, de acordo com a autópsia feita ao corpo da jovem. Segundo declarações dos pais à BBC, a jovem era maltratada na escola, o que deixou a mãe preocupada quando percebeu que a filha tinha saido para se encontrar com um colega. 

O julgamento já dura há seis semanas e os rapazes irão apresentar-se em tribunal no próximo dia 15 de julho onde irão receber a sentença final. Segundo a Virgin Media One, o juiz pode optar por não condenar os criminosos a prisão perpétua devido à sua idade e tornar a sentença privada.