Internacional

1147 pessoas foram salvas de operações de tráfico humano na China

 Entre as mulheres salvas encontravam-se 17 crianças. 

No decorrer de operações realizadas entre julho e dezembro do ano passado e agora divulgadas, as autoridades chinesas salavram 1147 pessoas envolvidas em operações de tráfico de pessoas. Entre as mulheres salvas encontravam-se 17 crianças. 1.130 foram detidas com a colaboração das autoridades de outros cinco países -- Myanmar, Camboja, Laos, Vietname e Tailândia. 

O porta-voz do Ministério de Segurança Pública da China, Guo Lin, acrescentou que nos últimos anos vários locais e estrangeiros "sequestraram várias mulheres dos países vizinhos da China e venderam-nas como esposas". Lin acredita que as operações policiais destruiram "completamente" as redes criminosas do tráfico transnacional de pessoas realizadas através do rio Mekong, que atravessa todos os países envolvidos na operação. 

O governo anunciou que vai criar um mecanismo para "acabar com todas as redes de compra de mulheres que foram sequestradas" no estrangeiro e com o objetivo de prevenir casos semelhantes no futuro, segundo a agência espanhola EFE.