Vida

Jornalista da RTP reage à polémica sobre o comentário aos McCann

"Na festa do meu filho de 8 anos, tudo a correr e aos gritos, a espalhar batatas e M&Ms, a mexer em tudo o que não deviam, confesso que gritei: ‘Ou param ou vou chamar os McCann!’ Não me orgulho. Mas teve efeito. Pelo menos no meu. Ficou quietinho, logo", escreveu na sua conta de twitter.

Jornalista da RTP reage à polémica sobre o comentário aos McCann

A jornalista da RTP, Rita Marrafa de Carvalho foi notícia no jornal  The Sun por ter feito um comentário na sua conta oficial de Twitter que conotava negativamente a família McCan."Na festa do meu filho de 8 anos, tudo a correr e aos gritos, a espalhar batatas e M&Ms, a mexer em tudo o que não deviam, confesso que gritei: ‘Ou param ou vou chamar os McCann!’ Não me orgulho. Mas teve efeito. Pelo menos no meu. Ficou quietinho, logo", escreveu. 

O comentário da jornalista dividiu opiniões. Muitos condenaram Rita, acusando-a de estar a brincar com um assunto sério e apelidaram o comentário de “vergonhoso”. Outros apoiaram-na e dizem ter achado graça à “piada” feita pela jornalista.  

Em resposta aos ataques, Rita escreveu na sua conta de Twitter “e perceber que eu jamais deixaria filhos de 3 e 4 anos sozinhos num apartamento de férias? Custa muito? Nop”, justificando o porquê do seu post anterior relativamente aos pais de Maddie.  

Depois de tanta polémica, a jornalista optou por publicar um texto onde aborda o tema e explica que depois do desaparecimento de Maddie, os seus filhos ficaram muito assustados com a situação e não percebiam o porquê de a menina estar sozinha em casa, num quarto, durante a noite, num país estrangeiro. "Tentei sempre explicar que nem todos os pais fazem isso, que nem sempre há um alguém com más intenções à caça de crianças. Mas a inocência perdeu-se ali”.  

Rita afirma ter decidido utilizar o humor, “característica que me ajuda a descomplicar temas e problemas com os meus filhos”, para atenuar a situação e diminuir o medo dos seus filhos. Quando os filhos tem algum mau comportamento, Rita afirma brincar e dizer “se continuarem nisto chamo os McCann”, o que faz as crianças sorrir e parar. "Dizem 'Ó mãe...' E caem na real: ninguém quer ficar sozinho. Ninguém quer que a mãe vire as costas quando há birras. Querem que fiquemos e resolvamos. Querem atenção".

A jornalista condena a atitude do jornal The Sun, que não a cita, apesar de o jornalista que fez a peça a ter contactado por telefone e terem conversado durante vinte minutos. Rita conta no texto nunca ter tido nenhum envolvimento jornalístico com o caso, algo que o The Sun refere.

“Nestes 12 anos, já ouvimos humoristas, escritores, opinadores e jornalistas referirem críticas, acusações, teorias e suposições sobre os McCann. Nenhum provocou tamanha celeuma. Por isso, das duas uma: ou há em mim uma importância desmedida, enquanto cidadã e jornalista, ou terei sido aquela que referiu o único facto que jamais poderá ser negado: três crianças ficaram sozinhas num quarto. E essa responsabilidade ninguém lhes tira”, remata.  

Os comentários estão desactivados.