Vida

Jessica Athayde confessa que teve de tomar antidepressivos durante a gravidez

Atriz esteve à conversa com Fernanda Serrano

Jessica Athayde esteve esta quinta-feira no programa ‘A Tarde é Sua’, da TVI, para falar sobre a experiência da maternidade.

Recentemente mãe do pequeno Oliver, a atriz começou por confessar que este foi um bebé planeado. No entanto, tudo aconteceu muito depressa.

“Foi um bebé planeado, mas, quando decidi engravidar, aconteceu, literalmente, no dia a seguir”, começou por contar, acrescentando depois que continua a não viver com Diogo Amaral e que este é “o namorado mais compreensivo deste mundo”.

Além de falar no “amor instantâneo” que sentiu pelo filho, Jessica revelou ainda que passou por uma fase difícil durante a gravidez e que, por isso, teve de “tomar antidepressivos”. Assim, a atriz decidiu não amamentar Oliver.

“Há muitas mulheres que estiveram grávidas e não gostaram e eu não tenho receio de falar sobre isso”, confessou.

Ainda a adaptar-se às mudanças, Jessica admite que gostava de repetir a experiência da maternidade.

 “Sempre quis ter uma menina e chamar-lhe Augusta”, contou.

A atriz fez ainda uma revelação que levou todos a rir: O Oliver “foi feito em cima do sofá do Diogo”.