Politica

PCP ajudou a travar escolha de Marisa para líder da bancada

A eurodeputada bloquista Marisa Matias não alcançará a presidência do grupo no Parlamento Europeu Esquerda Unitária Europeia, no qual o BE e PCP integram.

PCP ajudou a travar escolha de Marisa para líder da bancada

Marisa Matias, eurodeputada do Bloco de Esquerda, não conseguiu chegar à presidente do grupo parlamentar da Esquerda Unitária, (a família política europeia do PCP e do Bloco de Esquerda).

A solução é feita por consenso, mas o processo falhou por falta de apoio do PCP e do AKEL, (comunistas cipriotas), segundo avançou ontem o Observador. A candidata das últimas eleições presidênciais não chegou à liderança devido à oposição do deputado do PCP João Ferreira. 

Perante as acusações, o PCP emitiu um anota de imprensa, na qual não desmente nem confirma ter-se oposto à escolha de Marisa Matias. "Nenhuma das propostas relativas à presidência do grupo reuniu o consenso necessário", justificou. 

"Uma dessas propostas, relativa à presidência do grupo, veiculada por alguns órgãos de comunicação social em Portugal, demonstrou não ser consensual, como foi manifestado por várias forças políticas, de diferentes países", acrescentou ainda o partido comunista. 

 

Os comentários estão desactivados.