Internacional

Filme da Netflix “Murder Mystery” acusado de usar esterótipos espanhóis

"Estamos mais surpreendidos do que indignados. A imagem que é passada é uma ideia muito antiquada da vida aqui, com um cigano no aeroporto e tudo mais. Málaga tem 37 museus e é um importante destino turístico cultural ”


O filme da Netflix “Murder Mystery”, protagonizado pelos atores Adam Sandler e Jennifer Aniston, tem sido um sucesso para a plataforma de streaming – no fim de semana em que estreou, 30,9 milhões de pessoas viram ao filme – no entanto, tem sido também alvo de polémica entre a população da cidade de espanhola de Málaga, por ter retratado de forma incorreta a cidade. 

Durante uma cena do filme, quando o casal chega a Málaga, é recebido por uma mulher a usar um vestido de flamenco e um cigano acompanhado de uma guitarra, perto de um autocarro turístico antigo, que em nada se compara aos “autocarros modernos e com ar condicionado” espanhóis. 

Arturo Bernal, diretor geral do departamento turístico da Costa del Sol, no sul de Espanha, disse ao The Guardian estar “surpreendido” com a representação feita pelos produtores do filme, visto a imagem partilhada no filme em nada se compara à atualidade. Bernal chegou mesmo a convidar os produtores a visitar a cidade.

Fátima Oliva, porta-voz do turismo da Costa del Sol, também acusou os produtores de apresentarem uma imagem errada da cidade. "Estamos mais surpreendidos do que indignados. A imagem que é passada é uma ideia muito antiquada da vida aqui, com um cigano no aeroporto e tudo mais. Málaga tem 37 museus e é um importante destino turístico cultural ”.