Vida

Pamela Anderson conta que ex-namorado famoso lhe partiu as mãos devido a ciúmes

“As pessoas que são extremamente ciumentas normalmente são aquelas que tendem a ser infiéis”, afirmou a antiga protagonista de Marés Vivas

A atriz Pamela Anderson publicou recentemente um texto no Instagram, no qual afirmava que o seu ex-namorado Adil Rami, jogador de futebol do Marselha a tinha traído. Agora a eterna CJ, das Marés Vivas, volta a fazer revelações polémicas.

A protagonista de muitos cartazes que decoravam as oficinas do anos 90 garantiu num texto, publicado, no seu blogue, que Adil Rami era muito ciumento e possessivo e que chegou a agredi-la. “Ele apertou as minhas mãos, especialmente a minha mão direita, até elas partirem”, escreveu, acrescentando que teve de mentir ao médico que a observou após a fratura.

Mas as revelações das atitudes agressivas que o jogador terá tido com Anderson não ficaram por aqui. A atriz disse ainda que era frequente Rami agarrá-la nos ombros para a obrigar a sentar, antes de lhe tirar as chaves do carro, para que esta não tivesse forma de se deslocar para lugares onde estivesse outros homens.

“As pessoas que são extremamente ciumentas normalmente são aquelas que tendem a ser infiéis”, constatou. “Agora ele nega qualquer tipo de abuso”, sublinhou ainda.

Logo após a primeira publicação de Pamela Anderson sobre o ex-namorado, Adil Rami justificou-se: “Uma separação nunca é fácil. Como é normal nestas situações, as emoções podem levar a melhor. A Pamela é uma pessoa que eu respeito profundamente (...) o meu amor por ela sempre foi sincero”.