Sociedade

Detido incendiário florestal em Aveiro

Ficou provado que o homem agiu "num quadro de forte alcoolismo"

Um homem de 50 anos foi detido, na última quarta-feira, pelo Departamento de Investigação Criminal de Aveiro, por ter pegado fogo a vegetação, mato rasteiro e árvores com um isqueiro “agindo num quadro de forte alcoolismo”, como é possível ler no site oficial da Polícia Judiciária (PJ).

De acordo com a mesma nota, o indivíduo cometeu os factos criminosos no passado mês de maio e está “fortemente indiciado pela prática do crime de incêndio florestal”. Sublinhe-se que o incêndio ocorreu perto de várias habitações e não “teve consequências de maior, devido à sua deteção quase imediata por testemunha que conseguiu combater prontamente o mesmo”.

O arguido foi presente às autoridades judiciárias de Aveiro e está sujeito às medidas de coação de obrigação de tratamento da dependência alcoólica e de apresentações periódicas em posto policial.