Sociedade

Caso Tancos tem novo arguido

Recorde-se que o ex-diretor da Polícia Judiciária Militar, militares da GNR de Loulé e o grupo que executou o assalto encontram-se entre os 22 arguidos do caso Tancos.  

Um técnico do Laboratório da Polícia Judiciária Militar é o mais recente arguido no caso Tancos. 

O homem de 30 anos foi presente ao juiz de instrução do caso, João Bártolo, esta quinta-feira, para aplicação das medidas de coação sob suspeita de ter participado na encenação do aparecimento das armas furtadas, segundo noticiou a Sic Notícias. O técnico encontra-se em liberdade. 

Recorde-se que o ex-diretor da Polícia Judiciária Militar, militares da GNR de Loulé e o grupo que executou o assalto encontram-se entre os 22 arguidos do caso Tancos.