Sociedade

Motoristas. Antram e Fectrans dificultam negociações

Pedro Pardal Henriques, vice-presidente do Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas, avançou ao i que as negociações estão a ser dificultadas pela ANTRAM e FECTRANS

O Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP) e o Sindicato Independente de Motoristas de Mercadorias (SIMM) vão estar reunidos este sábado em Santarém. O encontro surge "tendo em conta que Antram e a Fectrans estão a dificultar as negociações finais", disse ao i Pedro Pardal Henriques, vice-presidente do SNMMP. 

Este sábado, os dois sindicatos vão decidir "quais as medidas de luta que serão tomadas nos próximos dias", avançou Pedro Pardal Henriques. 

Recorde-se que no passado mês de abril os motoristas iniciaram uma greve que paralisou o país, deixando os postos de abastecimento secos, e os aeroportos sem combustível para os aviões levantarem voo. Foi por essa razão que o Governo decretou a requisição civil, recorrendo até a militares da GNR para levarem combustível para o aeroporto de Faro. Quando em muitas estradas se viram enormes filas de carros à procura de abastecer, entrou em ação Pedro Nuno Santos, que desbloqueou a situação conseguindo que as partes envolvidas no diferendo assinassem o cachimbo da paz, que durou pouco tempo. Agora, as negociações estão a ser dificultadas.

Além disso, importa sublinhar que alcançar um novo acordo coletivo surge na sequência da insatisfação dos trabalhadores face ao acordo coletivo assinado em setembro entre a Federação dos Sindicatos de Transporte e Comunicação (FECTRANS) e a ANTRAM - motivo que acelerou a concretização da greve.