Sociedade

Tourada acaba com cavaleiros e forcados feridos em Coruche

Forcado Luís Fera foi transportado de helicóptero para o hospital de São José e está em coma induzido

A noite de sábado na praça de touros em Coruche deixou cavaleiros, forcados e público em choque, durante uma corrida de homenagem ao bandarilheiro Manuel Badajoz.

Os cavaleiros tauromáquicos Ana Batista e João Moura Júnior foram colhidos de forma violenta, tendo sido assistidos na enfermaria da praça de touros e depois transportados para o Hospital de Santarém, segundo o Correio da Manhã.

João Moura Júnior teve mesmo de ser suturado na cara, mas já se encontra em casa a recuperar, assim como Ana Batista.

Já o forcado João Ventura, do grupo do Aposento da Moita, perdeu os sentidos na arena, mas já teve alta hospitalar.

Luís Fera, do mesmo grupo de forcados sofreu uma fratura no maxilar e teve de ser transportado de helicóptero para o Hospital de São José, em Lisboa, onde se encontra em coma induzido.

O mesmo jornal dá conta de que os exames apontam para que não tenha sofrido lesões de maior gravidade cerebral, estando agora os médicos a avaliar a sedação do forcado

O cavalo Xeque-Mate de João Moura Jr., teve de ser abatido devido à aparatosa colhida que lhe provocou uma fratura exposta.