Vida

Cristina Ferreira justifica entrevista a assassina

"Ouvir uma assassina não é torná-la inocente”

A apresentadora Cristina Ferreira já apresentou a edição de julho da sua revista homónima. E acapa parece ter surpreendido os seus fãs.

O destaque desta edição é uma entrevista Maria das Dores, atualmente detida por ter sido considerada culpada de ter mandado matar o marido, há 13 anos.

Não tardou muito a que a escolha de Cristina Ferreira gerasse polémica nas redes sociais, com vários seguidores a questionarem a decisão da apresentadora, em dar palco a uma assassina.

As críticas fizeram com que Cristina Ferreira publicasse várias frases no Instagram sobre o assunto.

"Ouvir uma assassina não é torná-la inocente” ou “Maquilhar uma assassina não é torná-la inocente”, são apenas alguns dos posts, ilustrados com um fundo negro.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

...

A post shared by Cristina Ferreira (@dailycristina) on