Sociedade

Agente da PSP detido com 90 quilos de haxixe

Um agente da PSP foi detido em flagrante delito, com 90 quilos de haxixe, entre o Algarve e o Porto, estando já indiciado por crime de tráfico de estupefacientes na forma agravada.

O polícia, a prestar serviço no Comando Metropolitano da PSP do Porto, estava num carro com duas pessoas também detidas por agentes do Departamento de Investigação Criminal na Polícia de Segurança Pública, segundo anunciou esta segunda-feira a TVI, dando conta dos sinais exteriores de riqueza e de ostentação patenteados por aquele mesmo elemento.

A detenção pela PSP, do agente Bernardino Mota, a prestar serviço na Esquadra da PSP de Gondomar, depois de passar pela vizinha Esquadra de Valbom, junta-se a um extenso rol de elementos da PSP detidos por tráfico de droga nos últimos anos, assim como devido a suspeitas de outros crimes, como o agente da PSP de Ponte de Lima já acusado há uma semana de integrar uma associação criminosa suspeita de assaltos milionários, a partir de informações alegadamente prestadas pelo agente Carlos Alfaia, cantor de música pimpa.

Segundo adianta a TVI, o agente Bernardino Mota, de 45 anos, estava a ser investigado por tráfico de estupefacientes, até que foi apanhado com três fardos de haxixe, num total de 90 quilos, que dará para dezenas de milhar de doses individuais, quase uma “fortuna”.