Sociedade

Greve da Soflusa. Segundo dia de greve tem 100% de adesão

Entre as quatro carreiras da madrugada do serviço fluvial Barreiro-Lisboa apenas a das 5h30 cumpriu o serviço. 

O segundo dia de greve dos mestres da Soflusa é marcado por uma adesão de 100% por parte dos trabalhadores e volta a paralisar o serviço fluvial Barreiro-Lisboa. 

Entre as quatro carreiras da madrugada apenas a das 5h30 cumpriu o serviço, como já estava estabelecido pelo sindicato. Segundo a Sic Notícias, a paralisação afeta mais de 30 mil passageiros.

O objetivo dos mestres é ver o acordo do aumento do prémio de chefia, em cerca de 60 euros, cumprido, declarou Carlos Costa, do Sindicato dos Transportes Fluviais, Costeiros e da Marinha Mercante (STFCMM) à agência Lusa.