Sociedade

MAC em risco de suspender cirurgias por tempo indeterminado

CHUL garante que já começou o processo de contratação dos anestesiologistas e que situação que deverá ficar resolvida na próxima semana

 

A falta de anestesistas vai obrigar à suspensão de cirurgias já agendadas na Maternidade Alfredo da Costa.

É já esta segunda-feira que é esperado que a MAC  suspenda as cirurgias por tempo indeterminado.

Por outro lado, o Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central (CHUL) garantiu, através de um comunicado, que está “a fazer todos os possíveis para encontrar soluções de modo a que as cirurgias programadas em ginecologia ocorram nos prazos fixados, salvaguardando o atendimento das cidadãs que necessitam deste tipo de cuidados”.

“Até ao momento, não foi cancelada atividade cirúrgica na especialidade de Ginecologia e os serviços encontram-se a definir soluções internas por  forma a evitar que isso ocorra”, acrescentou.

O CHUL adiantou que já começou "o processo de contratação dos anestesiologistas em falta, em regime de prestação de serviços, situação que deverá ficar resolvida na próxima semana".