Sociedade

Detido suspeito de crimes de burla informática e nas telecomunicações

Prejuízo para as vítimas foi de dezenas de milhares de euros

A Polícia Judiciária deteve um homem, de 31 anos, por suspeita da prática de burla informática e nas telecomunicações.

O detido terá provocado um prejuízo de dezenas de milhares de euros, utilizando um cartão bancário sem autorização. O suspeito efectuou levantamentos, pagamentos e transferências entre meados de fevereiro e 3 de março, segundo comunicado enviado pela PJ.

O detido, empreiteiro de profissão, vai ser presente a tribunal para lhe serem aplicadas as devidas medidas de coação.