Sociedade

Funeral de sem-abrigo obrigado a ingerir álcool realiza-se esta quinta-feira

O homem terá ingerido "vinho barato" com álcool etílico

João Paulo Silva, de 43 anos, teve morte quase imediata, após ter ingerido “vinho barato” com álcool etílico misturado, que foi dado por um seu conhecido, quarta-feira da semana passada, tendo, entretanto, este sido já detido pela Polícia Judiciária e ficado em prisão preventiva, declarando ao juiz de instrução criminal que não era intenção matar o amigo.

O funeral da vítima, sem-abrigo, decorrerá durante a tarde desta quinta-feira, no Cemitério Municipal de Monte de Arcos, em Braga, depois de realizadas já todas as perícias médico-legais, para esclarecer o caso. O arguido, Paulo Ribeiro, de 38 anos, solteiro, cozinheiro, residia em Braga com os pais.

Nessa ocasião, dois outros homens alcoolizados entraram em coma, recebendo tratamento hospitalar, após assistidos pelos Bombeiros Voluntários de Braga, Bombeiros Sapadores de Braga e pelo INEM, com o apoio da PSP, na Praça do Conde de Agrolongo (Campo da Vinha), em Braga, enquanto o suspeito se colocou então em fuga.