Economia

Bruxelas multa Qualcomm em 242 milhões de euros

Comissão Europeia classificou a multa como “histórica”.

A Comissão Europeia multou esta quinta-feira a tecnológica norte-americana Qualcomm em 242 milhões de euros. Em causa está o abuso de posição dominante no mercado na tecnologia 3G.

“A Comissão Europeia multou a Qualcomm em 242 milhões por abusar da sua posição dominante no mercado de ‘chipsets’ [componentes eletrónicos que permitem a ligação à internet] na tecnologia 3G”, explicou em comunicado o executivo comunitário.

A mesma nota explica que a multa foi aplicada depois de uma investigação, que teve como principal conclusão o facto de a Qualcomm ter vendido abaixo do custo de mercado “com o objetivo de forçar a sua concorrente, Icera, a sair do mercado, o que é ilegal nas regras de concorrência da UE”.

Em conferência de imprensa, Margrethe Vestager, comissária europeia responsável pela área da Concorrência, classificou esta multa como “histórica”.

A comissária europeia explicou ainda que “as empresas dominantes têm a responsabilidade especial de não prejudicar a concorrência no mercado. Podem vender a preços baixos mas não abaixo dos custos, com a intenção de eliminar um concorrente”.